Pérolas : uma tendência intemporal no mundo das joias

Pérolas : uma tendência intemporal no mundo das joias

Origem e simbolismo das pérolas

As pérolas são as mais antigas pedras preciosas e, devido ao seu aspeto delicado, são frequentemente associadas à pureza, beleza e inocência, podendo também ser consideradas amuletos de proteção  e sorte.

Estas pedras preciosas são de origem orgânica e formam-se a partir de um mecanismo de defesa das ostras contra objetos estranhos que entram no interior das suas conchas. Quando um grão de areia ou outro corpo estranho entra em contacto, o molusco sente-se ameaçado e liberta uma substância chamada nácar - tem assim início o processo de produção de uma pérola.

Diferença entre pérolas naturais e cultivadas

As pérolas naturais são extremamente raras nos dias de hoje, já que num milhão de ostras, apenas uma delas produz uma pérola natural. Por isso, já existem métodos de cultivo destas pedras preciosas.

A diferença entre ambos é que as pérolas cultivadas são produzidas com intervenção do Homem, sendo introduzido manualmente um núcleo num molusco para que este comece a segregar o nácar.

 Tipo de Pérolas

   Akoya: cultivadas principalmente na China e no Japão, têm um diâmetro menor do que as pérolas encontradas nos mares meridionais, pois são provenientes das ostras mais pequenas do mundo, as perlíferas. Estas podem ser brancas ou em tom creme.

   Tahiti: estas são conhecidas como as pérolas negras e, apesar do nome, são cultivadas também na Indonésia. Estas pérolas podem ter vários formatos, têm geralmente 8 a 16mm e podem ser encontradas em roxo, azul, verde, cinza e, claro, preto.

   Barrocas: podem ser de água doce ou salgada e não têm uma forma geométrica definida, podendo ser bastante irregulares e ter diferentes cores. São uma tendência atualmente por serem irreverentes e cheias de personalidade!

Como cuidar das suas pérolas

Para manter a beleza e valor das suas jóias com pérolas, é fundamental que cuide delas corretamente. Estas são as nossas cinco sugestões: 

1.     Limpe com os produtos certos: para limpar as suas pérolas, use apenas água e sabão neutro para remover qualquer resíduo que possa ter ficado na peça. Depois de lavar, seque com um pano macio e limpo antes de as guardar!

2.     Guarde separadamente: as pérolas devem ser guardadas longe de outras jóias, idealmente num saquinho com um tecido delicado, como veludo ou camurça. Antes de guardar, passe um pano de flanela para retirar qualquer vestígio de pó.

3.     Retire antes de ir a banhos: evite utilizar jóias com pérolas em piscinas, no mar ou mesmo no chuveiro. Assim, elas vão manter o brilho durante muito mais tempo.

4.     Evite atrito e batidas: são peças muito delicadas e sensíveis, por isso qualquer impacto ou toque noutras superfícies pode deixar marcas.

5.     Evite perfumes e outros químicos: estes produtos podem desgastar a peça e deixá-la sem brilho, por isso devem ser evitados. Pode optar por aplicar o perfume atrás das orelhas por exemplo, caso esteja a usar um colar de pérolas ou brincos. Até mesmo a maquilhagem e alguns cremes podem causar danos na peça, por isso tenha cuidado sempre que usar estas jóias!

Produto adicionado ao comparador